terça-feira, 29 de junho de 2010

Concurso para contratação de Médicos em Ribeirão Preto

A Prefeitura de Ribeirão Preto abriu concurso público para os cargos de médicos nas especialidades de Clínico Geral, Médico emergencialista, Médico Pediatra, Médico Ginecologista e Médico Psiquiatra, visando o preenchimento de vagas, com remuneração de R$ 4.555,16 por 20 horas semanais. Inscrições no site da Prefeitura ou no Poupatempo. Ajudem-nos na divulgação.

O site da Prefeitura: www.ribeiraopreto.sp.gov.br

Entregamos 03 novas Vans, com elevador para a escola Egydio Pedreschi

Entregamos hoje pela manhã, 03 novas vans com elevador para cadeirantes, para a Escola Egydio Pedreschi. Além de ar condicionado, motoristas e monitores, cada van poderá transportar até 04 cadeirantes para atividades escolares ou outras atividades. A Márcia que é diretora da escola, disse no microfone que está há quase 30 anos na educação e 4 anos na escola e que nunca foi feito tanto pelo Egydio Pedreschi. Além das Vans, temos parceria com a escola para atendimento aos 400 alunos, encaminhamos também cozinheiras e vamos contratar mais monitores. Essa era uma luta de todas as mães, liderado pela guerreira Judicéia, para adequação e qualidade no trabalho com os alunos.

domingo, 27 de junho de 2010

O salto de Paraquedas - EU FUI




Pôxa, hoje vivi um momento histórico em minha vida. Sempre tive vontade de dar um salto de paraquedas, mas tinha medo. Hoje, depois da apresentação da esquadrilha da fumaça em Ribeirão, fui convidada pelo professor Marcelo Longo, para enfrentar esse desafio. Não pensei duas vezes e disse a mim mesma: - É hoje ou nunca. Então lá fui eu...primeiro coloquei o macacão, fazendo ajustes no equipamento, ensaiando o momento de se jogar do avião, etc....Até aí estava com medo, mas ainda decidida a ir. Quando subimos no avião, a demora para decolar começou a me deixar insegura. Como eu era a última da fila, no canto do avião, resolveram ninguém descer para que eu não desistisse. E foi isso que aconteceu. fechou a porta do avião e decolamos. Quanto mais alto o avião subia, mais agitada eu ficava. Quando ouvi no rádio do piloto que estavamos a 12 mil pés, ou seja quase 5 quilômetros distante do solo, meu coração acelerou...O piloto gritou PULA, abriu a porta do avião, o vento invadiu e todos começaram a pular. Chegou minha vez, e lá fui eu....pendurei as pernas para fora do avião e quando ia gritar que não queria mais ir, vejo a terra rapidamente em várias piruletas no ar, até virar os braços como estivesse voando. Lá estava eu, em queda livre, com velocidade de 200 km por hora. Que delícia!!! Olhei para baixo e parecia abraçar a cidade com um abraço. Senti uma sensação inexplicável, enquanto voava. Respirei fundo e senti DEUS. A sensação é de liberdade, tranquilidade e leveza. Olhei para baixo e via os quarteirões de casas tão pequenininhos, que parecia caber na palma de uma única mão. Senti uma gratidão profunda pelo criador. Depois de um tempo de queda livre, o Marcelo puxou a corda e abriu o paraquedas. O impacto quando abre o paraquedas é muito grande e subimos repentinamente de novo. O Marcelo fez alguns marabalismos lá em cima, ora parecia voar, ora parecia que estava despencando. Foi uma experiência fantástica. Nunca havia vivido essa situação. O momento mais difícil foi se jogar do avião naquela altura. Depois a recordação de um momento úncio em minha vida.

quinta-feira, 24 de junho de 2010

A PEDRA

O distraído tropeçou nela.
O violento a utilizou como projétil.
O empreendedor a usou para construir.
O camponês, cansado, transformou-a numa cadeira e se sentou.
Para as crianças, foi um brinquedo.
Davi a utilizou para matar Golias.
E Michelangelo a transformou na mais bela das esculturas.
A diferença não está na pedra, e sim no homem.

bullying

Conheça um pouco mais sobre Bullying. Esse vídeo maravilhoso foi feito por dois alunos, para um trabalho de faculdade. Eles se Chamam Marco Túlio(@marcotulior) e Douglas Padilha (@dougpadilha). O trabalho foi tão bem feito, com tanta criatividade que resolvi colocar no blog e ajudar a divulgar essa campanha. Participe você também. Obrigada.




Bullying é uma situação que se caracteriza por atos agressivos verbais ou físicos de maneira repetitiva por parte de um ou mais alunos contra um ou mais colegas. O termo inglês refere-se ao verbo "ameaçar, intimidar".

Estão inclusos no bullying os apelidos pejorativos criados para humilhar os colegas. E, não adianta, todo ambiente escolar pode ter esse problema. "A escola que afirma não ter bullying ou não sabe o que é ou está negando sua existência", diz o médico pediatra Lauro Monteiro Filho, fundador da Associação Brasileira Multiprofissional de Proteção à Infância e Adolescência (Abrapia), que estuda o problema há nove anos.

Segundo o médico, o papel da escola começa em admitir que é um local passível de bullying, informar professores e alunos sobre o que é e deixar claro que o estabelecimento não admitirá a prática - prevenir é o melhor remédio. O papel dos professores também é fundamental. "Há uma série de atividades que podem ser feitas em sala de aula para falar desse problema com os alunos. Pode ser tema de redação, de pesquisa, teatro etc. É só usar a criatividade para tratar do assunto", diz.

quarta-feira, 23 de junho de 2010

Carta aos médicos e a população de Ribeirão

Os que me conhecem sabem do carinho, da atenção e dos compromissos que tenho, e dos quais não abro mão, com os servidores municipais e com a população.

O sucesso de um governo passa, obrigatoriamente, pela dedicação de cada um deles. E disso, como prefeita, tenho consciência.

Temos um quadro de profissionais competentes, responsáveis e que, acima de tudo, sabem do quanto são importantes na vida das pessoas, especialmente aqueles que mais precisam da assistência e da presença da Prefeitura.

Neste um ano e meio de administração, tenho me dedicado unicamente a fazer o melhor. Onde sinto que há possibilidade de projetar Ribeirão Preto, buscando novos investimentos, ações de desenvolvimento econômico e social, gerando empregos, lá estou eu.

Eu brigo por Ribeirão Preto. Eu amo Ribeirão. Eu defendo nossa cidade com coragem e dedicação.

Estou conseguindo resolver situações que há mais de 80 anos se arrastavam e serviam de discurso político a cada nova eleição. Este é o caso da obra de combate a enchente.

Assim também tenho me empenhado em resolver o problema da saúde em nossa cidade.

Ribeirão tem uma população de 600 mil habitantes e mais de 1 milhão e 200 mil nomes e endereços diferentes cadastrados em nosso sistema Hygya.

Ribeirão é um pólo de saúde e referência nacional . Por isso muitas pessoas vem de outros municípios buscar atendimento em nossa cidade. Como o respeito ao próximo e direito a saúde são deveres de todos nós, posso dizer tranquilamente, que mesmo com tantos problemas, Ribeirão também cuida da saúde de pacientes de outros municípios, que emergencialmente procuram nossas unidades.

Somente em reformas e ampliação de unidades de saúde, já foram investidos 12 milhões de reais.

Reformamos e ampliamos várias unidades, como a UBS do Marincek, UBS Campos Elíseos, UBS Ipiranga, UBS Vila Tibério, UBS Vila Virgínia, reforma da sala de urgência da UBDS Central, o Centro de referência de Saúde do Trabalhador, novas ambulâncias, reativamos o serviço de traumatologia da UBDS Central, 05 novas Vans para hemodiálise/ radioterapia e fisioterapia, compramos mais leitos da Santa Casa e Beneficiência Portuguesa, contratamos novos médicos, compramos 65 cadeiras de hidratação, novas macas, ar condicionado, colocamos Raio X na Vila Virgínia, etc...

Estamos trabalhando para ampliação do horário de atendimento em 5 UBSs, diminuindo o fluxo de pacientes nas UBDS, reformando a UBS do Parque Ribeirão, UBS do Heitor Rigon, o prédio do DST/AIDS, etc...

Conseguimos 3 (três) novas UPAs ( Unidade de Pronto Atendimento), uma inclusive em construção na avenida 13 de Maio. As outras duas estão em fase de Projeto e serão no Quintino II e Vila Virgínia.

Protocolei vários pedidos de verbas no Ministério da Saúde, para melhoria de infra-estrutura dos postos de saúde.

Sou uma mulher que trabalha e trabalha muito para fazer o melhor, com coragem, sempre me posicionando diante de minhas responsabilidades como Prefeita e ser humano.

O que ocorre é que fiquei completamente decepcionada com parte da diretoria do Sindicato dos Médicos de Ribeirão, na condução do processo reivindicatório. Nunca na história desta cidade, eles conseguiram sentar com o executivo e conversar claramente sobre suas dificuldades. Eu sentei e ouvi. Eu respeitei seus pontos de vista e me coloquei a disposição para buscar uma saída que pudesse resolver problemas históricos, sem menosprezar as demais categorias de servidores.

Dialogar é o caminho. Assim eu penso. Intimidar e ameaçar os servidores médicos e provocar instabilidade no atendimento ao público, prejudicando as pessoas que necessitam, é inaceitável.

O que era para ser uma reinvidicação de uma categoria, está virando um verdadeiro palanque político em ano eleitoral. Discursos inflamados e até presença de gente de outras cidades nas assembléias, engrossa o coro dos que aqui apenas querem conversar sobre problemas históricos da categoria. Problemas esses que não começaram em meu governo.

Os médicos estão no seu direito de buscarem o melhor e fazerem suas reivindicações. Isso é correto. E eu respeito.

Permitirem que o movimento reivindicatório seja usado como palanque político eleitoral, sacrificando a população, isso não é correto.

Muitos médicos querem trabalhar, fazer plantão e atender a população, mas não podem, caso contrário, o Sindicato dos Médicos irá representar contra eles, no conselho de ética.

É lamentável ver parte da diretoria do Sindicato dos Médicos que deveria estar do lado deles, intimidando-os a representá-los no conselho de ética, caso descumpram o que foi decidido na assembléia e resolvam fazer hora extra para atender a população.

Por outro lado, o Ministério Público também disse que vai pedir para que a Prefeitura informe quais foram os médicos convocados, que se negaram a fazer plantão, que também irá representar contra eles.

Olha a situação que a diretoria do sindicato deixou os médicos!

Pedi ao Sindicato dos Médicos, dentro do Ministério Público, junto ao Promotor, que ligassem aos colegas pedindo para fazerem escala de plantão. Eles se negaram a ligar. A diretoria da entidade Sindical queria que eu fechasse duas UBDSs em respeito ao movimento reinvidicatório. Eu me neguei a fechar os postos.

Ainda no Ministério Público, eu e o promotor perguntamos qual outra alternativa o governo tinha, já que a proposta não foi aceita? – Eles não deram alternativa e pediram que nós aguardássemos a convocação de nova assembléia.

Como poderia esperar se há pessoas doentes, indo aos postos de saúde, gritando de dor, precisando de atendimento?

O povo não pode esperar. A doença não pode esperar. A dor não pode esperar. Já que fomos impedidos de montar plantão com os profissionais médicos da rede, não tivemos outra alternativa e ontem precisamos contratar emergencialmente uma OSCIP de médicos, para atender a população. Isso não é uma afronta. Isso foi uma necessidade.

Se tenho compromissos com os servidores, de procurar valorizá-los dentro das possibilidades financeiras da prefeitura, por outro lado também tenho compromissos com o povo de Ribeirão.

Neste ano, concedi aumento ao funcionalismo de 6,31%, ou seja, acima da inflação registrada no ano passado, o que garantiu a reposição do poder de compra e ganho real de toda a categoria. Foi um aumento que exigiu um enorme esforço financeiro da Prefeitura, foi o aumento que pudemos dar e - creiam - me deixou muito feliz.

Nos próximos dias, estaremos pagando a Licença-Prêmio, que desde 1999, não vinha sendo paga. Depois de 11 anos, o direito do servidor volta a ser honrado. Também vamos pagar a primeira parcela do 13º dos funcionários, além de outros compromissos com os servidores.

O povo de Ribeirão não merece e não suporta mais essa situação, principalmente quando a gente sabe que é motivada por interesses de poucos, que não têm compromisso com o cotidiano e com os problemas das pessoas.

Paralisar os serviços de urgência e emergência, suspender os plantões de atendimento médico, fazer com que as pessoas mais humildes sofram ainda mais, é desumano.

Essa atitude está na contramão do bem e do respeito ao próximo.

Confio no bom senso dos nossos profissionais de saúde. Essa situação não começou em meu governo. Quero pedir humildemente aos médicos que retomem o atendimento a população. O Plano de Cargos e Carreiras dos Servidores está em fase de contratação de consultoria especializada para orientação e implantação. Esse é um sonho de todos os servidores.

Peço a DEUS ajuda e solução para essa situação. Da minha parte, vou continuar trabalhando duro para que a gente possa melhorar os salários de todos os servidores, porque sei que esse é um dos caminhos para que a nossa população seja melhor atendida. E se nossa população for bem atendida, cumprimos o nosso papel de servir.

Muito obrigada.

Dárcy Vera – Prefeita Municipal

domingo, 20 de junho de 2010

O Show do Rei Roberto Carlos


Foi um sucesso o show do Rei Roberto Carlos, no aniversário de 154 anos de Ribeirão. Com o Estádio Santa Cruz lotado, o público foi ao delírio, cantando os grandes sucessos do Rei. Depois do show, fui convidada pelo Ivan Zurita, Presidente da Nestlé a ir no camarim conhecer Roberto Carlos. Pôxa, que alegria! Me recebeu com um sorriso lindo e disse que estava feliz em voltar a Ribeirão Preto. Disse que mudou a programação para estar aqui e que Ribeirão é linda. Também contou que ficou com o coração apertado e muito emocionado quando cantou Lady Laura, se referindo a saudade da mãe que faleceu há pouco tempo. Eu disse a ele que a Eloísa, que trabalha comigo, ficou sabendo do sexo do bebê no mesmo dia da morte de sua mãe e que por ser fã dele, iria homenageá-lo, dando o nome da filha de Laura. Ele pediu para conhecer a Eloísa e lá fui eu atrás da Eloísa. Depois que conheceu, agradeceu a ela a homenagem. Contei das charges que o jornal A Cidade fez comigo e ele. Ele riu muito. Brincou com minhas filhas e marido, e agradeceu a receptividade de todos de nossa cidade. De repente, o Rei olhou para o Zurita e disse: "Bicho, emocionante ver esse estádio lotado, fiquei arrepiado". Roberto, somos nós que agradecemos o esforço da mudança de agenda e vir cantar para a gente. Adorei o Roberto Carlos. Muito simpático, brincalhão, antenado com todos ao seu redor. Valeu a pena. Obrigada a Nestlé, em nome do Ivan Zurita e a DCSET em nome da Andrea pela organização do show. Também ao Botafogo pela parceria e ao Japa que acompanhou toda a montagem do evento em nome da Prefeitura. Parabéns Ribeirão!

Coisas da Democracia

Esses dias tive uma gripe muito forte, junto com cólica renal e fui parar no hospital. Como a agenda estava lotada de compromissos, sendo todos importantes, me senti na obrigação de manter a agenda. Fiz reunião com o Adalberto da Azul linhas aéreas, dentro do hospital, tomando soro. Mas consegui a resposta positiva da empresa, com investimentos para Ribeirão Preto, com programação para 2011 e novas linhas áereas. Depois tive outro compromisso e tive que esperar o soro acabar. Chegando no evento, ouvi um rapaz bravo porque estava atrasada, questionando minha demora de 30 minutos. Me deu uma vontade de chorar, uma tristeza tão grande. Respirei fundo e disse a mim mesma: - CONTINUE FAZENDO A SUA PARTE E HONRANDO SEU COMPROMISSO.

Saudade do Blog

O mês de aniversário de Ribeirão é muito movimentado, com uma programação diferenciada para atender todos os tipos de gostos. Assim a agenda também é uma loucura e não tive tempo de atualizar o blog. Quero falar sobre tantas coisas, mas vou atualizá-lo no dia a dia. Recebo muitos e-mails cobrando novos textos, mas como sou eu mesma que escrevo, peço desculpas pelo atraso nas postagens.

segunda-feira, 7 de junho de 2010

Surpresa positiva e convite da Embaixadora da UNESCO


Fui jantar com a Embaixadora da Paz pela Unesco, IVONNE BAKI em São Paulo. Ela veio participar do evento da VITA DERM sobre Sustentabilidade. Muito simpática, contou sobre sua experiência política quando era Ministra de Economia e Comércio Exterior no Equador. Atualmente visitando vários países do mundo em nome da UNESCO, aproveitou sua visita ao Brasil para criar laços para fortalecer seu trabalho. Tive duas surpresas positivas neste jantar: - Primeiro em saber que o estilista ribeirãopretano Salvatore é quem desenha os modelos e veste a Embaixadora. Lá estava ele, o nosso Salvatore, lindo, recebendo os holofotes de toda imprensa paulista. E em segundo pelo convite em ser parte deste movimento no Brasil. A reunião de trabalho ficará para o segundo semestre, quando ela voltar ao Brasil. Ah, uma fofoca: - Segundo a Embaixadora, o Salvatore desenhou alguns modelos de vestidos a pedido da Michele Obama. Ele é um excelente profissional e merece brilhar.

Amaury Jr x Viviane Senna x Ribeirão Preto

Neste mesmo jantar em São Paulo, conheci o apresentador Amaury Jr e a Viviane Senna, irmã do piloto Ayrton Senna. Em uma entrevista descontraída para o Amaury Jr,na Rede TV, falamos muito sobre a força de Ribeirão e o ETHANOL. No final da entrevista ele me perguntou sobre o show do Roberto Carlos. Segundo ele, o Ivan Zurita e a Nestlé estão preparando uma surpresa no final do show para a cidade, pelo aniversário. Confirmei com a Andréa, da equipe do Rei, que está em Ribeirão há mais de 15 dias, sobre a surpresa. Ela riu e balançou a cabeça, confirmando que sim. Só que pedi para não me contar, senão eu não aguento e conto a surpresa. Também convidei a Viviane Senna para visitar Ribeirão e estudar a possibilidade de trazer um braço da Fundação Ayrton Senna para nossa cidade. Ela ficou de agendar uma visita, demonstrando muito carinho por Ribeirão.

Maitê Proença X Feira do Livro


Fui em um Jantar a semana passada em São Paulo, a convite do presidente da VITA DERM do Brasil, Marcelo Shumamm, para o lançamento da Campanha Mundial de " Sustentabilidade e Beleza em Movimento". O evento foi um sucesso. Tive a oportunidade de conversar com várias personalidades sobre Ribeirão. Fiquei feliz em ouvir um comentário da Maitê Proença, sobre a Feira do Livro. Ela lamentou não conseguir conciliar a agenda de gravações da novela com a FEIRA DO LIVRO. Segundo ela, quando recebeu o convite, não tinha como confirmar, pois desconhecia o ritmo de gravações. Elogiou a força da Feira do Livro para os autores brasileiros e sua importância como fomento a leitura. Também elogiou o Theatro Pedro II e me pediu viabilizar uma data para trazer sua peça "AS MENINAS" para a cidade.